Implante Inflável ou Maleável? Mais Informações para a Tomada de Decisão.

Implante Inflável ou Maleável? Mais Informações para a Tomada de Decisão.

Implantes penile são reconhecidos tratamentos de terceira linha para homens com disfunção erétil e tem sido recomendado como tal em orientações e declarações de consenso.

 

Eles devem ser considerados apenas quando os tratamentos de primeira e segunda linha falharam ou são considerados inaceitáveis ​​pelo paciente.

 

Quando um homem apresenta ao cirurgião a consideração de um implante peniano, é importante que esteja plenamente informado sobre as opções de tratamento, mais notadamente que ele tem a opção de uma maleável ou inflável implantar.

 

Fora do Brasil, a maioria dos homens escolhe um implante inflável e na verdade, se eu já estivesse na posição de precisar de um implante peniano, eu provavelmente desejaria receber um dispositivo inflável, e suspeito que seria verdade para a maioria dos leitores deste artigo.

 

Isso significa que não há circunstâncias em que possamos escolher um dispositivo maleável e que devemos assumir que um dispositivo inflável é a melhor opção para todos os pacientes?

 

Certamente eles são os implantes mais populares atualmente em uso e seu implante é crescente, conforme confirmado pelos dados dos Estados Unidos e Reino Unido, levando até mesmo a alguns urologistas a questionarem o lugar do implante maleável na medicina sexual moderna!

 

Bem, mas quais são os prós e contras dos dois dispositivos diferentes?

 

  1. Os implantes maleáveis ​​têm maior confiabilidade mecânica, são mais baratos e são mais fáceis de inserir.
  2.  Os dispositivos infláveis ​​fornecem erecções de melhor qualidade, têm melhor ocultação e há uma literatura extensa demonstrando maior satisfação do paciente.

 

Existem circunstâncias em que um caso pode ser ideal para um dispositivo maleável?

 

Bem, talvez haja situações em que por uma variedade de razões, os implantes infláveis ​​são menos atraentes, quando é correto considerar um dispositivo maleável. Estes fatores podem ser resumidos como fatores relacionados ao paciente, relacionados à condição fatores e fatores econômicos e fatores relacionados ao cirurgião.

 

 

 

FATORES RELACIONADOS AO PACIENTE

 

Homens com fraca destreza manual lutam para inflar e desinflar o implante.

 

Da mesma forma, homens que são obesos e têm (parcialmente) o pênis embutido muitas vezes lutam para acessar a bomba que provoca as ereções. Para estes homens, um dispositivo maleável é uma opção real.

 

Implantes maleáveis ​​também podem ser inseridos sob anestesia local e isso pode ter valor em aqueles que não são aptos para um ato anestésico regional ou geral (embora pode-se perguntar se uma pessoa que não estava bem para ter uma anestesia geral deve ter um implante inserido).

 

Alguns pacientes podem optar por ter um dispositivo maleável porque não há dúvida de que eles são mais confiáveis ​​mecanicamente e, portanto, existe um risco menor de exigir revisão.

 

 

 

 FATORES RELACIONADOS COM CONDIÇÕES Urológicas

 

Há alguns que defendem o uso de um implante maleável no tratamento agudo de um paciente com priapismo ou em difíceis casos cirúrgicos de resgate.

 

No priapismo agudo, se tratamentos de primeira linha falharam ou a duração do priapismo é maior do que 24 a 36 horas, a inserção do implante é uma opção cada vez mais popular.

 

Embora existam casos relatados em que um dispositivo inflável foi inserido de forma aguda, a maioria das séries publicadas se refere ao uso de o implante maleável nos casos de Priapismo.

 

Certamente, se houver contusões excessivas de tentativas extensas de aspirar e irrigar o priapismo, ou se já houve uma tentativa fracassada de um procedimento de derivação, pode ser mais sensato ir para os menos invasivos e mais rápidos procedimentos como o implante maleável no primeiro momento seguido do segundo estágio de um implante inflável.

 

Homens com implantes penianos infectados que estão sendo submetidos a salvação, essa cirurgia compõe outro grupo para o qual foi sugerido que um implante maleável temporário pode ser abordagem prudente, embora outros tenham argumentado que é perfeitamente viável inserir um dispositivo inflável sob estas circunstâncias.

 

Outras situações nas quais historicamente um dispositivo maleável pode tem sido preferível, como um espaço retropúbico obliterado, foi superado pelo desenvolvimento de duas peças infláveis dos dispositivos e, em seguida, o desenvolvimento de reservatórios subcutâneos

 

 

 

 FATORES ECONÔMICOS E RELACIONADOS AO CIRURGIÃO

 

Outras questões que ocasionalmente ditam a inserção de um implante maleável ​​incluem custos nas partes do mundo onde os dispositivos infláveis ​​não são reembolsados (o que quase sempre acontece no Brasil).

 

Além disso, pelo menos nos Estados Unidos, a maioria dos implantes são inseridos por cirurgiões que implante números relativamente pequenos, havendo a sugestão de que esses cirurgiões façam uso dos maleáveis que são inerentemente mais fáceis de inserir.

 

 

Leia Mais

 

Ondas de Choque para Disfunção Erétil e Peyronie. Recuperação Sem Injeções, Sem Cirurgia.

Como escolher a prótese peniana? Tudo o que é preciso saber aqui.

Doença de Peyronie. O que é e Porque Aparece.

Curvatura Congênita do Pênis. Nem tudo é Peyronie.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *