Ondas de Choque para Disfunção Erétil. Mais Estudos Positivos.

Ondas de Choque para Disfunção Erétil. Mais Estudos Positivos.

Durante a década passada o uso de Ondas de Choque foi adicionada aos protocolos de tratamento da Disfunção Erétil. Sua principal vantagem é a possibilidade de recuperação das ereções em pacientes com disfunção de origem vasculogênica, algo que não é alcançada com os medicamentos orais ou aplicações cavernosas.

Desta forma, as Ondas de Choque de Baixa Intensidade ganharam muita atenção da comunidade científica com a confecção de inúmeros estudos prospectivos e experimentais sobre o tratamento. Esses estudos culminaram com uma metanálise que confirmou o benefício da neovascularização promovida, mas um estudo que demonstrasse objetivamente a melhora da hemodinâmica peniana.

O presente estudo relevou de forma mensuravel a melhora da hemodinamica genital através de estudos de doppler peniano em pacientes submetidos a aplicação de Ondas de Choque de Baixa Intensidade em pacientes com disfunção erétil de origem vascular m estudo duplo-cego radomizado.

ARTIGO ORIGINAL – Sociedade Internacional de Medicina Sexual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *