Tabagismo e Disfunção Erétil. O que está ocorrendo?

Tabagismo e Disfunção Erétil. O que está ocorrendo?

A impotência sexual é a incapacidade ou dificuldade em ter ou em manter uma ereção do pênis que permita ter uma relação sexual satisfatória com penetração.

 

Este é um problema que pode afetar homens em qualquer idade, porém ele é mais comum em homens após os 50, o que prejudica não só a vida sexual, mas a saúde psicológica e social.

 

Será que o fumo afeta de forma consistente as ereções?

 

Pois bem, a resposta é sim. Pessoas que fumam tem cerca de 30% mais disfunção erétil do que a população que não fuma. Mas mais do que perda completa das ereções, a grande perda está na qualidade das mesmas: ereções consistentes, com bom diâmetro e verdadeiramente rígidas são mais difíceis mesmo com o uso de Viagra.

 

Adicionalmente, e fugindo um pouco do tema principal, há também um problema de fertilidade: homens que fumam acabam danificando seus espermatozoides.

 

Como o Tabagismo afeta as Ereções?

 

O Tabagismo provoca piora do níveis pressóricos, causa piora da aterosclerose que deixa os vasos sanguíneos endurecidos e causa uma ação direta nos vasos sanguíneos do pênis com uma intensa vasoconstrição

 

Como para que as ereções ocorram é preciso que o sangue entre dentro dos cilindros chamados corpos cavernosos, o cigarro impede o fluxo impedindo que os vasos se dilatem. A associação entre disfunção erétil e tabagismo é tão forte que o fluxo sanguíneo para os corpos cavernosos só é restabelecido de forma plena nos homens que decidem para de fumar e usar paths de nictotina para isso, após o período em que o path não é mais utilizado.

 

Caso o tabagismo seja muito pesado, as ereções podem desaparecer e acúmulo de radicais livres nos corpos cavernosos podem surgir, causando alterações que podem ser permanentes e irreversíveis.

 

A boa notícia é que parar de fumar pode recuperar as ereções. Na verdade, diminuir já pode ser muito bom. Cerca de 70% dos pacientes que param de fumar referem melhora das ereções e muitos param de tomar medicamentos como Viagra, Cialis ou Levitra.

 

Dentre os pacientes que não param de fumar, mas que diminuíram radicalmente o tabagismo, 60% referem melhora das ereções de forma duradoura.

 

Informação Extra: Como Identificar se o Problema é Impotência Sexual

 

A impotência sexual é a incapacidade ou dificuldade em ter ou em manter uma ereção do pênis que permita ter uma relação sexual satisfatória com penetração.

 

Este é um problema que pode afetar homens em qualquer idade, porém ele é mais comum em homens após os 50 que prejudica não só a vida sexual, mas a saúde psicológica e social.

 

Além da dificuldade em ter ou em manter uma ereção rígida o suficiente para uma penetração em mais de 50 % das tentativas, é importante ficar atento ao surgimento dos seguintes sintomas: 

 

Dificuldade para ter ou manter uma ereção;

Ereções progressivamente menos rígidas;

Redução do tamanho do órgão sexual;

Curvatura ou deformidades do pênis;

Dificuldade em manter contato íntimo em algumas posições sexuais;

Maior necessidade de concentração e tempo para conseguir a ereção; 

Diminuição dos pelos corporais e do número de ereções espontâneas ao acordar;

Ejaculação rápida ou precoce, que antes não existia; 

One Response so far.

  1. Excelente artigo, obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *