O que você não sabia, mas precisa saber sobre o Câncer de próstata.

O que você não sabia, mas precisa saber sobre o Câncer de próstata.

Vamos esclarecer alguns pontos importantes, enfatizando os pontos chaves sobre o Câncer de Próstata e seu tratamento que provavelmente você ainda não sabe.

 

# 1 – O crescimento é lento na maior parte dos casos

Acredita-se que se passam 8 anos entre o surgimento da primeira célula cancerosa na próstata e o diagnóstico feito por uma biópsia prostática.

 

# 2 – Sangramento no Esperma

O sangramento no esperma raramente é causa de problemas graves. Quem realizou uma biópsia para investigação de uma suspeita de câncer na próstata pode apresentar sangue no esperma por até 2 meses e não há qualquer problema para a realização de qualquer forma de tratamento.

 

# 3 – O prognóstico está melhorando

Atualmente a cura de pacientes em estágio inicial com baixa agressividade é muito próxima a 100%, mas na década de 70, apenas 67% estariam curados em 6 anos de seguimento.

 

# 4 – O tratamento pode ser intenso

O tratamento do Câncer de Próstata pode necessitar múltiplas terapias, como cirurgia, radioterapia, hormonioterapia e quimio. O melhor início, contudo, é a escolha de tratamento que provoque a cura de forma definitiva, evitando-se  a aplicação dos outros métodos ao longo do tempo.

 

# 5 – A dieta pode influenciar no surgimento do Câncer de Próstata

Alguns estudos sugerem que uma dieta rica em carne e pobre em vegetais pode aumentar o risco do câncer de próstata. Pessoas nascidas no oriente possuem 10 vezes menos chances de desenvolverem o tumor do que os Americanos.

 

# 6 – É mais frequente do que o câncer de mama

Calcula-se que 1 a cada 6 homens com mais de 50 anos desenvolverão o Câncer de Próstata.

 

# 7 – Existem especialistas para cada tipo de tratamento e fase do tumor

Existem muitos especialistas que podem orientá-lo, mas muitos pacientes acabam procurando um Oncologista logo após o diagnóstico. O oncologista é um profissional que geralmente não está habituado a cuidar de pessoas com câncer de próstata em fase inicial, podendo mostrar-lhe uma visão mais pessimista sobre o prognóstico e tratamento, já que sua rotina é lidar com pacientes em fases avançadas do câncer.

Profissionais Médicos Envolvidos:

Oncologista: médico que trata de pacientes em fases mais avançadas da doença com imunoterápicos e quimioterapia.

Patologista: médico responsável pelo diagnóstico do tipo de tumor e de sua agressividade celular.

Radioterapeuta: médico que trata do câncer com radioterapia.

Urologista: cirurgião que faz o diagnóstico e o tratamento do câncer de próstata em sua fase inicial até a decisão quanto a necessidade de quimioterapia, quando o paciente é encaminhado a um patologista.

 

# 8 – Sonda Vesical

Quando se realiza cirurgia, é preciso utilizar uma sonda na bexiga para proteção dos pontos que reconstruíram a uretra. Em geral são necessários 7 a 10 de sondagem.

 

# 9 – Exercícios Físicos

Logo após a cirurgia para o Câncer de Próstata será preciso que paciente caminhe e quando receber alta deverá andar cerca de 1 km por dia. A sonda vesical presente nos primeiros dias não impedirá os exercícios e também não ficará aparente.

 

# 10 – Ejaculações Secas

Após a cirurgia para o Câncer de Próstata, além dos ductos deferentes ( que conduzem os espermatozoides até a uretra) serem ligados, a próstata também não estará presente para produzir o líquido espermático. Assim, quando as ereções voltam a surgir, toda a parte relacionada ao prazer e desejo estarão mantidas, incluindo o orgasmo. Contudo, o orgasmo será seco, sem a saída de qualquer líquido espermático.

 

Leia também

 

Embolização da Próstata, o tratamento sem cortes e sem internação para HPB

Guia completo sobre o câncer de próstata recém diagnosticado

O que é prostatite e como tratar para evitar sequelas

Biópsia de próstata. Por que fazer, como é realizada e seu resultado

 

Mais informações

 

www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/000381.htm

Urology Care Foundation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *