O que é prostatite e como tratar para evitar sequelas

O que é prostatite e como tratar para evitar sequelas

A próstata é uma glândula em forma de noz que faz parte do sistema reprodutivo e urinário masculino. Sua função é produzir um líquido que é essencial para a sobrevivência dos espermatozoides e para a fertilidade.

Em sua origem e desenvolvimento, circunda a uretra junto da entrada da bexiga e seu crescimento pode impedir o esvaziamento adequado da urina, provocando sintomas obstrutivos. Essa obstrução pode provocar inflamações na própria próstata, causando sintomas muitas vezes graves e que podem se cronificar.

prostatite

O que é Prostatite?

 

Prostatite é um inflamação da glândula prostática geralmente causada por bactérias. Uma prostatite aguda inicia-se rapidamente e pode causar sintomas importantes como febre alta, calafrios e dificuldade miccional. Algumas vezes demanda internação hospitalar.

Quando uma prostatite aguda não é reconhecida ou não é tratada adequadamente, ela pode evoluir para um quadro crônico que causa dor perineal e alterações no PSA

Casos menos frequentes não apresentam infecção bacteriana associada, esses casos recebem o nome de prostatites não bacterianas.

Em todos os casos pode ocorrer aumento ou flutuação nos níveis de PSA.

 

O que provoca uma prostatite?

 

Qualquer bactéria no trato urinário pode causar prostatite bacteriana aguda e, em muitos casos, essas bactérias estão presentes com muita frequência na urina de homens com mais de 45 anos.

Uma outra situação é a inoculação de bactérias no trato urinário após contato sexual com gonococos, clamídias ou outros patógenos transmitidos sexualmente. Em pacientes jovens essa é a forma mais frequente de prostatite, já que antes dos 40 anos é raro presença de obstrução prostática que provoque disseminação de bactérias não sejam transmitidas sexualmente.

Quando é mais provável o surgimento de prostatite transmitida sexualmente?

 

  1. Relação anal sem uso de preservativo
  2. Relação sexual com muitas parceiras

 

Em homens com mais de 40 anos, a bactéria mais frequente é a E. Coli e os sintomas iniciais podem o correr com uma inflamação testicular ou uma irritação na uretra.

 

A prostatite também pode ser desencadeada por outros problemas, que devem ser tratados ou corrigidos para evitar maiores complicações:

 

  1. Crescimento Benigno da Próstata
  2. Fimose
  3. Traumas na região do períneo
  4. Manipulação do trato urinário: passagem de sondas, cistoscopia ou biópsia prostática

 

Quais são os sintomas da Prostatite?

 

Os sintomas que podem começar rapidamente são: febre, calafrios e pele avermelhada. Além disso, cansaço, dificuldade para urinar ou ardência durante as micções podem estar presentes e causar muita dificuldade para o desempenho das atividades cotidianas.

 

Os sintomas do quadro crônico são similares, porém muito menos graves e proeminentes. O início também é lento e raramente evolui para quadros graves como no quadro agudo.

 

Os sintomas urinários incluem:

  1. Sangramento na urina
  2. Dor ou ardência ao urinar
  3. Dificuldade para iniciar a micção
  4. Dificuldade para esvaziar a bexiga
  5. Urina malcheirosa
  6. Jato urinário fraco
  7. Dor ou sangue durante as ejaculações
  8. Dor na região anal ou testículos

 

Quais exames são necessários?

 

Serão necessários exames de sangue, urina com cultura e estudos de imagem, que pode incluir uma ultrassonografia ou mesmo uma tomografia computadorizada na suspeita da formação de abcesso prostático.

Em geral evitamos o exame de toque da próstata e não se recomenda a realização de qualquer manipulação da próstata ou do trato urinário.

O exame de PSA estará muito alterado por conta da inflamação na próstata, de modo que esse exame é imprescindível para o raciocínio diagnóstico e para a programação do tratamento.

 

Como a Prostatite é tratada?

 

O tratamento se baseia nos sintomas presentes ou nas complicações, mas sempre demanda o uso de antibióticos.  

Para prostatite aguda os antibióticos podem ser necessários em dose plena por até 6 semanas. No quadro de prostatite crônica os antibióticos devem ter suas doses ajustadas para cada caso e podem ser necessários por até 12 semanas.

Mesmo assim, os sintomas e as infecções podem retornar, demando nova investigação e tratamento.

O que pode ser feito em sua casa para ajudar:

  1. Urinar com frequência e completamente
  2. Fazer banhos de assento ou duchas mornas para ajudar a controlar a dor
  3. Tomar laxantes suaves para tornar as fezes mais pastosas
  4. Evitar substancia que irritam a bexiga, como cafeína, álcool, cítricos e pimenta

 


Quando devo procurar um médico?

 

  1. Sempre que acreditar que possa estar com prostatite
  2. Quando apresentar incomodo ao urinar e febre ou calafrios
  3. Quando apresentar dificuldade súbita para urinar

 

Leia também

Embolização da Próstata, o tratamento sem cortes e sem internação para HPB

O que é a próstata? Qual seu tamanho, função e problemas do crescimento

Perdas urinárias em homens. O que você precisa saber para vencer a incontinência

Biópsia de próstata. Por que fazer, como é realizada e seu resultado

 

Mais informações

 

https://medlineplus.gov/ency/article/000519.htm

Urology Care Foundation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *