O que é a próstata? Qual o seu tamanho, função e problemas do crescimento.

O que é a próstata? Qual o seu tamanho, função e problemas do crescimento.

A próstata é uma glândula em forma de noz que faz parte do sistema reprodutivo masculino. Sua função é produzir um líquido que é essencial para a sobrevivência dos espermatozoides e para a fertilidade.

 

Em sua origem e desenvolvimento, circunda a uretra junto da entrada da bexiga e seu crescimento pode impedir o esvaziamento adequado da urina, provocando sintomas com jato fraco, gotejamento ou urgência para urinar.

 

Em adultos jovens a próstata não tem mais do que 20g, mas seu peso pode paulatinamente aumentar e chegar a valores superiores a 200g ao longo das décadas. Não há um valor que seja correto para o seu tamanho, o que mais importa é se a próstata está causando sintomas ou problemas mais graves que limitem a própria vida ou a sua qualidade.

 

 

prostata

 

O que causa o crescimento da próstata?

 

O crescimento da próstata é chamado de Hiperplasia Prostática e sua causa não é completamente compreendida.

Acredita-se que há um papel importante da testosterona em seu crescimento, mas mesmo homens castrados antes da puberdade apresentam crescimento benigno da glândula. Desta forma, alguns estudos científicos sugerem que a hiperplasia da próstata ocorra em grande proporção a ação do hormônio estrógeno que existe em seu interior. O outro hormônio que possui papel destacado é a Dihidrotestosterona (DHT) que que se acumula em altos níveis nas células prostáticas mesmo em homens idosos.

O crescimento benigno da próstata é uma preocupação de homens que aumenta com a idade:  50% dos homens entre 51 e 60 anos apresentarão sintomas do aumento. Após os 80 anos 90% apresentarão o crescimento benigno.

 

Existem Fatores de Risco para o Desenvolvimento da Hiperplasia Benigna da Próstata?

 

Sim, existem fatores de risco e alguns deles podem ser prevenidos:

Fatores de risco para Hiperplasia da Próstata:

 

  1. Idade superior a 40 anos
  2. Histórico familiar
  3. Obesidade
  4. Doenças cardíacas
  5. Doenças circulatórias
  6. Diabetes tipo 2
  7. Sedentarismo
  8. Disfunção erétil/Impotência

 

casal senior feliz

 

 

Quais são os sintomas do Crescimento Benigno da Próstata?

 

O tamanho da próstata nem sempre tem uma relação direta com a gravidade do entupimento ou dos sintomas. Alguns homens possuem próstatas muito grandes e poucos sintomas e outros homens próstatas pequenas com muitos sintomas. Assim, menos da metade dos homens apresentam alguma manifestação do crescimento prostático.

Sintomas Urinários dos Crescimento:

  1. Aumento da frequência
  2. Urgência para ir urinar
  3. Dificuldade em começar a micção
  4. Jato fraco ou interrompido
  5. Acordar muito a noite para urinar
  6. Dor ao urinar
  7. Retenção aguda da urina (necessidade de sondagem)

 

A retenção, que ocorre nos casos mais avançados, pode ocorrer por simples progressão do problema, ou pode ser desencadeado por álcool, por temperaturas frias, ou por longos períodos de inatividade.

Quais complicações podem surgir?

Elas podem incluir:

  1. Retenção urinária aguda
  2. Retenção urinária crônica ou de longa duração
  3. Sangramento urinário
  4. Danos a contratilidade da bexiga
  5. Formação de divertículos na bexiga
  6. Pedras na bexiga
  7. Insuficiência Renal

A maior parte dos homens não desenvolve qualquer complicação, mas a prevenção do dano vesical e renal são essenciais para uma boa qualidade de vida.

 

 

Como a Hiperplasia Prostática Benigna é tratada?

 

O tratamento se baseia nos sintomas presentes ou nas complicações já existentes.  A maior parte dos pacientes, contudo, beneficia-se do tratamento clínico com uso de medicações que ajudam a relaxar as fibras prostáticas ou que diminuem a contração excessiva da bexiga.

Em alguns casos algumas mudanças no estilo de vida podem contribuir para a otimização do processo de tratamento e podem incluir redução de líquidos em determinados horários, evitar cafeína e seus derivados, evitar o uso de descongestionantes nasais, antidepressivos, diuréticos e anti-histamínicos, treinar a bexiga a esperar, prevenir a constipação e exercitar os músculos do períneo.

Quando os medicamentos param de funcionar, os tratamentos cirúrgicos poderão melhorar a qualidade de vida com cada vez menor agressividade.

Os tratamentos mais modernos para a o crescimento benigno da próstata incluem a Ressecção Transuretral da Próstata (RTUp) com bisturi bipolar, a Vaporização dos tecidos com Green Light e a Embolização das Artérias Prostáticas, esta última não requerendo internação e pouco interferindo com a ejaculação.

Procedimentos mais antigos como a prostatectomia aberta (procedimento diferente da cirurgia para tratamento do câncer de próstata), são excelentes para o tratamento de próstatas muito grandes e não alteram a continência urinária ou a potência sexual.

 

 

Como a Hiperplasia Prostática Benigna pode ser prevenida?

 

Infelizmente não há nada reconhecido e seguro que possa prevenir o crescimento da próstata. Os homens podem evitar o sedentarismo, a obesidade e cuidar e sua saúde geral buscando auxílio de seu urologista para diagnóstico de uma próstata aumentada e, assim, estudarem juntos a melhor forma de melhora da qualidade de vida e de prevenção de complicações.
Quando devo procurar um médico?

Se você parou de urinar, deve procurar um médico imediatamente

Programe um atendimento se você está apresentando um ou mais desses sintomas:

  1. Jato urinário fraco
  2. Sangue na urina
  3. Gotejamento ao final da micção
  4. Grande desconforto na bexiga
  5. Dor na área entre o escroto e o ânus
  6. Dor ao urinar ou ao ejacular
  7. Dificuldade em iniciar a micção
  8. Dificuldade em manter o jato urinário
  9. Urinar mais de 8 vezes durante o dia
  10. Acordar para urinar mais do que 3 vezes durante a noite

 

 

Como seu urologista saberá que você está com um problema na próstata?

 

Para isso seu urologista realizará uma consulta, que deve incluir:

  1. Seu histórico médico
  2. Seu histórico familiar
  3. Exame físico, incluindo exame prostático
  4. Exames de urina, sangue e testes de esvaziamento vesical
  5. Ultrassonografia
  6. Biópsia (em casos de suspeita de câncer associado)

 

Leia também

Embolização da Próstata, o tratamento sem cortes e sem internação para HPB 

Guia completo sobre o câncer de próstata recém diagnosticado

O que é prostatite e como tratar para evitar sequelas

Biópsia de próstata. Por que fazer, como é realizada e o seu resultado

 

Mais informações

 

 www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/000381.htm

Urology Care Foundation

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *